sexta-feira, 2 de novembro de 2012

NADA MELHOR DO QUE PREGAR A LIBERDADE PARA PRATICAR A CENSURA ATRAVÉS DAS INQUISIÇÕES 'DEMOCRÁTICAS'


Os cidadãos europeus ficaram privados do acesso às informações vindas, directamente, do Irão. Cada cidadão europeu deixou de ser livre para avaliar ele próprio a fiabilidade das notícias vindas do Irão. Como o Irão foi classificado como do «Eixo do Mal» nada melhor do que a Censura sobre ele.
E é assim, eu achava que cada cidadão europeu é que decidia por si, livremente, sem qualquer Censura acima dele.
A Inquisição dos Estados Unidos é que decide. E a Inquisição da União Europeia também decide. Ambas as Inquisições tiram-nos a Liberdade de escolha. Para a Inquisição dos Estados Unidos e para a Inquisição da União Europeia, as Inquisições é que sabem, os cidadãos têm que se submeter a estas duas Inquisições.
E são estas Inquisições que fazem a Censura que pregam a liberdade, nomeadamente a liberdade de expressão e a liberdade de opinião e a liberdade de cada cidadão ler o que quiser e ser ele a decidir sem nenhuma Censura acima dele.
«Noticias que no llegan, y que llegarán cada vez menos, a nuestras casas. La red satelital mundial Intelsat, cuyo cuartel general está en Washington, acaba de bloquear las transmisiones iraníes hacia Europa. Lo mismo hizo la red satelital europea Eutelsat. En esta era de la «información global», debemos escuchar únicamente la Voz del Amo.»

«Manlio Dinucci
Fuente
Il Manifesto (Italia)» (In «Red Voltaire»)

Sem comentários:

Enviar um comentário