quinta-feira, 22 de novembro de 2012

OS CRIMES DA POLÍCIA DA III REPÚBLICA PORTUGUESA TÊM AMPLO APOIO PARALAMENTAR




O Parlamento da III República portuguesa tem deputados e deputadas que defendem interesses diferentes, mas não parece ter deputados ou deputadas contra os crimes bárbaros, de Sequestro e Tortura, da PSP da III República.
Há um divórcio colossal entre os deputados e as deputadas do Parlamento e o povo. Há um desprezo por parte dos deputados e das deputadas das várias correntes parlamentares pela dignidade da pessoa humana, acham bem os Sequestros e a Tortura praticados pela PSP.

Sem comentários:

Enviar um comentário