domingo, 5 de agosto de 2012

RETRATO DE UM CANALHA – APOIANTE DO IMPERIAL-COLONIALISMO DA NATO

Rui Tavares é um canalha no sentido objectivo do termo. É um escritor mais que medíocre, que entrou para o Bloco de Esquerda, sorrateiramente, para subir na vida e arranjar um tacho no Parlamento Europeu.
Depois de ter o tacho garantido virou bem à Direita, traiu todos os princípios da Esquerda, exterior à altamente corrompida «Internacional Socialista». De socialista só tem o nome essa tal «Internacional Socialista».
Racista e colonialista Rui Tavares apoiou a Barbárie em nome da           Democracia, que se traduziu na invasão imperial-colonial da Líbia pelos democratas da NATO, praticantes assumidos da Tortura em Guantánamo e nas suas sucursais, incluindo Tortura até à Morte, como Bagram.
Também são assassinos assumidos, sempre por uma boa causa, como a ilustre causa de «as armas de destruição maciça do Iraque».

Sem comentários:

Enviar um comentário