sexta-feira, 10 de agosto de 2012

O ESTRANHO CASO DA AMNISTIA INTERNACIONAL NORTE-AMERICANA

«"Todos os ataques contra civis serão documentados para que os seus autores  sejam responsabilizados", alertou, em comunicado, Cristoph Koettl, responsável  das operações de emergência da AI EUA.»
Este texto foi retirado do site da Agência Lusa.
Este tal Cristoph Koettl podia fazer uma visita a Guantánamo, a Bagram ou a qualquer outra Sucursal, desta selvática Rede de Tortura, mas não faz, e os raptos e as torturas, incluindo torturas até à morte, feitas pelo seu próprio país??? Como é? Parece que não o incomodam nada.
Este tal Cristoph Koettl sabe que o presidente do seu próprio país manda executar homens, mulheres e crianças à maneira da Máfia da Sicília e com drones, à maneira do Far-West, seguindo a ética anterior à invenção do Direito, pela República Romana, na Antiguidade.
Este tal Cristoph Koettl sabe que o presidente do seu país faz condenações à morte, sem julgamento.
"Todos os ataques contra civis serão documentados para que os seus autores  sejam responsabilizados" - isto inclui ataques a civis com drones? Parece-me bem que não.
Quem financia Cristoph Koettl e a sua agência?! 

Sem comentários:

Enviar um comentário