quinta-feira, 9 de agosto de 2012

EXÉRCITO NACIONAL DA SÍRIA CONQUISTOU TOTALMENTE ALEPPO

O Exército Nacional da Síria derrotou os terroristas que queimam vivas famílias inteiras dentro dos seus automóveis como o apoio hipócrita-demencial da NATO (terroristas do «E"L"S»), em Aleppo com armas de última geração fornecidas pela Rússia.
Os terroristas do «E”L”S» acusam o Exército Nacional da Síria de estar a fazer guerra a sério. Para estes terroristas um exército nacional não é para fazer guerra, pelos vistos.
A Rússia forneceu bombas «termo báricas» ao Exército Nacional da Síria, bombas apropriadas para combater a guerrilha urbana dos terroristas do «E”L”S», que produzem uma primeira explosão que espalha uma grande quantidade de combustível em forma de vapor. Depois, em contacto com o oxigénio, ocorre uma segunda explosão. Estes terroristas estavam à espera de quê? De sair vivos das caves? O pior é que o gás entra pelas caves e explode matando os terroristas entrincheirados. A Guerra é para matar e com as armas mais eficazes e mais mortíferas, é para isso que existe a Guerra, para matar. E quem começou a Guerra foram os terroristas do «E"L"S».
A Rússia tem a experiência da II Guerra Mundial, foi invadida pelos alemães, mas não se rendeu. Lutou.
Agora foi a Síria que foi invadida. Tal como os russos lutaram contra uma invasão estrangeira na II Guerra Mundial, a Síria tem que lutar contra uma invasão estrangeira, agora.

Sem comentários:

Enviar um comentário