segunda-feira, 16 de julho de 2012

RELVAS GATE V

Hoje, em Lisboa, frente ao Parlamento, houve uma manifestação, convocada por um cineasta no «Facebook», pedindo a demissão de Miguel Relvas. Teriam participado entre 500 e 700 pessoas.
Pessoalmente, prefiro que Miguel Relvas permaneça no governo, porque Relvas sintetiza tudo o que o governo PSD-CDS é. Se Miguel Relvas sair por ser desonesto fica-se com a ideia de que Pedro Passos Coelho é honesto e os outros membros do governo também. Ora, Pedro Passos Coelho passou a campanha eleitoral a mentir, e só ganhou as eleições porque mentiu. Bastava-lhe dizer que ia lançar um imposto de 100% do subsídio de férias e do Subsídio de Natal, dos funcionários públicos (não todos, alguns tachos de gente do PSD e do CDS ficam de fora), de algumas empresas estatais e sobre os pensionistas, neste caso tanto sobre os da função pública como também sobre os do sector privado, para não chegar a primeiro-ministro. Bastava-lhe falar verdade sobre este tema dos subsídios de férias e de Natal, durante a campanha eleitoral, e tinha perdido as eleições.

Sem comentários:

Enviar um comentário