segunda-feira, 23 de julho de 2012

AS ALTAS BURGUESIAS SABEM MUITO BEM COMO FUGIR AOS IMPOSTOS

As altas burguesias de todo o Planeta Terra têm muito em comum, apesar das diferenças raciais e culturais. Sabem onde devem guardar o seu dinheiro para escapar aos impostos. Em certo sentido, os grandes capitalistas são muito poupados,  porque poupam muito em impostos. Bem, poupam em impostos nos paraísos fiscais, porque há paraísos fiscais. E há paraísos fiscais, porque os governos dos países mais ricos do Planeta Terra permitem que haja.
É assim a nossa época, é com é, no século XXI da era de Cristo.
«Super-ricos têm 21 biliões em paraísos fiscais
Os super-ricos de todo o mundo tinham escondidos em paraísos fiscais, no final de 2010, nada menos de 21 biliões de dólares (17 biliões de euros), tanto como a economia dos EUA e do Japão juntas. Um bilião é um milhão de milhão.
E este número é conservador, na verdade o valor real poderá chegar a 31 biliões de dólares, diz James Henry, autor do estudo "The Price of Offshore Revisited", e antigo economista-chefe da consultora McKinsey. O estudo tem em conta apenas os depósitos e os investimentos e não contabiliza, por exemplo, propriedades e iates...
O relatório surge numa altura em que vários países estão a endurecer o combate à evasão fiscal e ao branqueamento de capitais - a Alemanha, por exemplo, ainda recentemente pagou 3,5 milhões de euros por um CD com informação de centenas de fortunas  alemãs que escaparam ao Fisco e estão escondidas em depósitos bancários na Suíça.
"As fortunas escondidas nos paraísos fiscais são um verdadeiro 'buraco negro' na economia mundial e que poderiam ser chamadas a ajudar a resolver a actual crise financeira", considera James Henry.

Paraísos fiscais são estados nacionais ou regiões


 autónomas onde a lei facilita a aplicação de capitais


 estrangeiros, com tributação baixa.»

Sem comentários:

Enviar um comentário