terça-feira, 26 de junho de 2012

A CIVILIZAÇÃO DA BATOTA

A Central da Vigarice BBC, da Inglaterra, ao serviço do imperial-colonialismo da NATO, divulgou uma fotografia do Iraque, de má-fé, dizendo que era da Síria, mas o fotógrafo que tirou a fotografia no Iraque desmentiu a Central da Impostura BBC. Foi uma foto  captada em 27 de Março de 2003 no sul do Iraque pelo fotógrafo Marco di Lauro, usada para ilustrar, de má-fé, o massacre de Houla, pelos vigaristas da BBC!!!


Esta Central da Impostura BBC, 
mostrou filmagens feitas na Índia relativas a assuntos internos da própria Índia, dizendo, de má-fé, que as filmagens tinham sido feitas na Líbia, para apoiar a conquista imperial-colonial pela NATO dos poços de petróleo da Líbia!!!

Em Portugal, Pedro Passos Coelho ganhou as eleições a mentir. Se tivesse falado verdade tinha perdido as eleições, esta a razão por que mentiu. Bastava-lhe dizer que ia lançar impostos extraordinários sobre os subsídios de férias e de Natal dos funcionários públicos, de algumas empresas estatais, e dos pensionistas, prática que retira os referidos subsídios, para perder as eleições. Se tivesse dito a verdade  sobre a questão dos subsídios de férias e de Natal não era o primeiro-ministro de Portugal. Foi através da batota que Pedro Passos Coelho se tornou primeiro-ministro de Portugal.
Ângela Merkel, quando começou a crise na Grécia disse que era um assunto exclusivo dos gregos, apenas dos gregos e nada mais. Só que essa crise «só» dos gregos já chegou à Itália, embora não oficialmente. Mas, oficialmente, já chegou à Irlanda, a Portugal e à Espanha.
Pouco antes de falir, oficialmente, o banco norte-americano Lehman Brothers, era considerado um banco «muito sólido» pelas agências de «rating», quando já estava «tão sólido», que até já estava tecnicamente, falido.


George W Bush invadiu o Iraque atrás das famosíssimas «armas de distribuição maciça», que sabia, perfeitamente, que não existiam. Fez batota, aldrabando, oficialmente, o mundo inteiro.
O «Prémio Nobel da Economia» não existe, é uma falsa publicidade ao prémio anual do Banco Central da Suécia, dado a sumidades ao serviço dos interesses dos banqueiros. Ainda um há pouco um desses economistas que meteu ao bolso o cheque chorudo do Banco Central da Suécia, mostrou ser de tal maneira instruído, evidenciando não saber mesmo nada de Lógica, pois afirmou numa entrevista uma coisa e o seu contrário. Ora se soubesse o ABC da Lógica não teria feito isso. Quem, sabendo Lógica, ficou sem saber qual era a opinião dele se a primeira afirmação se o contrário dessa primeira afirmação, que disse depois.
Barack Obama recebeu o Prémio Nobel da Paz. E já se envolveu em mais guerras que o seu antecessor G W Bush. E, sentado na cadeira do poder, escolhe, pessoalmente, pessoas que manda assassinar, como qualquer padrinho da Máfia Siciliana.
A NATO e a União Europeia exportam «Direitos Humanos», enquanto se dedicam a praticar, raptos, torturas e assassinatos, numa rede, com sede em Guantánamo.
Hoje, em Portugal, só se fala na meia-final do Euro de Futebol 2012, Espanha-Portugal.
A Croácia foi impedida, de maneira criminosa, de continuar na prova, pela batota no jogo contra a Espanha. A Espanha tem uma equipa tão boa que se não tivesse sido a batota criminosa feita contra a Croácia, nem sequer tinha passado da fase de grupos.
Imagino o francês Platini a dizer, pessoalmente, aos árbitros do jogo Croácia-Espanha, que a Croácia era para ficar pelo caminho, de qualquer maneira. Não consigo sentir o mínimo interesse por esta meia-final da batota anti-Croácia. Dois penáltis, claríssimos, bem vistos pelos árbitros, a favor da Croácia não foram marcados. Que valor desportivo tem esta competição da batota, além de zero. Vale zero, numa escala de zero a vinte, este Euro de Futebol 2012, em termos desportivos, mas vale 20, em termos de batota. Estava o jogo 0-0, prestes a acabar, e um jogador da Croácia ia meter um golo de cabeça, mas um espanhol agarrou-o com tal força pela camisola que o impediu de marcar o golo, isto frente aos árbitros. Se houvesse um mínimo de verdade desportiva neste jogo, o jogador espanhol teria sido expulso, e teria sido marcado o segundo penálti a favor da Croácia. Que vale esta competição em termos desportivos? Absolutamente nada.
Se a Humanidade, no futuro, evoluir para melhor em termos éticos e morais (o que não é certo que aconteça) olhará para estes acontecimentos com o maior desprezo.

Sem comentários:

Enviar um comentário